Menu

YESHUA VIVE

“Seguir Jesus significa morrer para termos vida”, ensina viúva de ex-muçulmanoMichelle, esposa do ex-muçulmano Nabeel Qureshi, incentivou os muçulmanos que se tornaram cristãos recentemente.

19 MAR 2018
19 de Março de 2018

Michelle, esposa do ex-muçulmano que se tornou apologista cristão, Nabeel Qureshi, deixou um recado para pessoas que, assim como seu marido, deixaram o islamismo para seguir a Jesus Cristo.

“Em primeiro lugar, quero dizer como estou orgulhosa de vocês por tomarem a decisão de sair do Islã e entrar na verdade — a verdade de que não há Deus senão um e seu nome é Jesus”, disse Michelle em um vídeo exibido numa conferência em Bangalore, na Índia.

Michelle advertiu os recém convertidos a não se envolverem no ministério muito cedo. “Nabeel disse que aprendeu esta lição de um jeito difícil, chegando rapidamente no ministério, enquanto ainda lhe faltava graça e sabedoria. Foi a proteção de Deus que o ajudou a se afastar das armadilhas”, explica.

“Em seu zelo, é primordial que você se baseie na doutrina cristã. Mergulhe na presença de Jesus e mergulhe em sua Palavra. Se familiarize intimamente com ambos”, Michele aconselha.

Com base na experiência de vida de Nabeel, a viúva incentivou os ex-muçulmanos a contarem sobre sua nova fé cristã aos seus familiares e enfrentar “sem medo” a perseguição que os aguarda.

Para animá-los, ela citou Josué 1:9, que diz: “Não fui eu que lhe ordenei? Seja forte e corajoso! Não se apavore, nem se desanime, pois o Senhor, o seu Deus, estará com você por onde você andar”.

Ela também encorajou os novos cristãos a não sentirem vergonha de sua fé. “Agora não há condenação sobre vocês, agora a vergonha não tem que dominar vocês”, disse ela.

“Se você está preocupado com o sofrimento que você pode enfrentar por dizer a sua família, ou se você está preocupado com o sofrimento que talvez você tenha que lidar por contar aos outros sobre esse Jesus que você conhece e ama agora, Nabeel me disse isso: ‘O sofrimento nos aproxima de Jesus e nos deixa abertos para a presença tangível do Espírito Santo, o Consolador, mais do que qualquer outra coisa. Seguir Jesus é morrer para vivermos”, concluiu.


Voltar


Whatssap: (11) 96946-8042
                

acesso gratis